Buscar

João Pedro Leal é autor revelação do Maranhão.

Ainda jovem, antes mesmo de completar duas décadas de vida, ele já lançou mais de 1 dúzia de livros e foi premiado pela sua escrita. Com muita alegria, o acolhemos na Fross e nos enche de alegria tê-lo em nosso time de escritores. De família humilde e com talento na escrita, ele agora também se prepara para o seu novo desafio - ainda na área literária, o lançamento da sua livraria, Correlato.

Então, vamos conhecê-lo?

João Pedro Leal de Sousa é escritor, poeta, contista, articulista e cronista. Recentemente está se tornando empreendedor, com a criação da Livraria Correlato.


Filho dos lavradores Terezinha de Jesus da Silva Leal e Aldimar Carlos de Sousa, nasceu no dia 11 de novembro de 2001 em São João dos Patos - MA, em uma bela tarde de domingo. O segundo filho de três, desde de muito cedo já demonstrava talento e gosto pela leitura e pela escrita. De família humilde, viveu durante seis anos de sua vida no interior do município, onde teve contato com a natureza e a vida no campo, que ainda hoje o inspira na escrita, incentivando-o a escrever o cotidiano do povo sertanejo.


Venceu seu primeiro concurso literário aos 14 anos - em 2014, com a poesia: “Terra das Palmeiras”. Entretanto, seu maior legado foi a participação na Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro, 2016, quando foi o primeiro de seu município e do interior do Maranhão a ser classificado para a etapa estadual da Olimpíada na sua categoria, chegando até a final do concurso. Seu texto concorreu com outros nove mil - estes somente no estado do Maranhão.


Foi Semifinalista da competição, deixando para trás todos os demais textos e passando a representar o estado do Maranhão na etapa nacional ao competir com estudantes de todos os estados do país, sendo consagrando com a medalha de bronze e de prata com a crônica: “Cabe tudo no Pacará”. Com esse texto o autor apresentou o lugar onde vive para todo o país, mostrando a vida corriqueira dos mercadores de seu pequeno município.


Anteriormente, sua irmã, Maria Clara Leal de Sousa, foi consagrada campeã nacional na Olimpíada de Língua Portuguesa em 2014, a primeira Maranhense a ser medalhista de ouro na sua categoria, o que demonstra ser o talento nato da família.


Em 2019 foi novamente classificado no concurso nacional, levando a bandeira de seu município a mais um patamar. Desta vez, com um artigo de opinião, a qual denunciou os sérios problemas ambientais causados pelos lixões a céu aberto em seu município.

Com essa motivação, escreveu projetos e peças teatrais e várias poesias e poemas destinados aos casais, ao amor, a fé e a sua cidade.


O jovem escritor ainda hoje escreve textos de diferentes gêneros, familiarizando-se com contos, crônicas, fantasias, poesias, cordéis e artigos. Nas suas crônicas sempre apresenta a simplicidade nordestina, demonstrando homenagens aos sertanejos maranhenses. Já em sua escrita poética, predomina um sincretismo literário, resgatando e reafirmando os conceitos de poesia, assim como conceituando a forma de fazer os poemas. Suas rimas sempre englobam amor, dor, sertão e problemas sociais, palavras chaves que marcam seus versos.


Aos 17 anos publicou 7 de suas 16 obras de forma independente, anos mais tarde foi publicado por um selo editorial, ganhando assim o status de 'autor publicado'. Aos 19 anos, e já com 9 livros publicados, João Pedro Leal difundiu seu trabalho e alcançou adeptos de suas histórias e estórias, e ele ainda continua a criar inúmeros enredos e tramas para sua felicidade e de quem o lê.


Agora João Pedro se prepara para seu projeto que uni tudo isso em uma aspecto maior, a criação da livraria Correlato.


A criação do projeto Correlato Livraria busca atender um público assíduo e que não conta com um espaço livreiro e totalmente dedicado a este ramo na cidade de São João dos Patos. Tal projeto se deu após uma pesquisa realizada pelo escritor João Pedro Leal, em seu município, alcançando as comunidades estudantis, acadêmicas-universitárias e moradores residentes na cidade. Obtendo de forma a nítida necessidade de se haver uma marca de livraria para que todos pudessem usufruir de suas funcionalidades para a aquisição de um livro, trocas de informações sobre leitura, enfim, a necessidade de se ter uma livraria na cidade. O projeto, formulado e idealizado por João Pedro também nasceu como sequência de projetos sociais para a fomentação e incentivo à leitura e estímulo à escrita


"O público irá usufruir de um espaço dedicado inteiramente a leitura, dispondo-se de um espaço a qual o cliente-leitor, poderá apreciar, sentar-se em um espaço aconchegante para apreciação do livro, bem como também adquiri-lo na livraria. O ambiente, seria preparado para ser um local de estudos, pesquisas e de lazer para todos, independentemente de suas diversidades, oferecendo um catálogo de possibilidades e estimulo contínuo a leitura. Também faz parte deste projeto, a montagem da livraria em dias especiais e extraordinários em escolas públicas ou privadas do município, por convite feito ou por iniciativa da própria Correlato Livraria, assim, expondo exemplares que ficarão ao alcance dos alunos e disponíveis para a aquisição dos mesmos.


A Correlato Livraria também vem com a proposta de ser ainda mais acessível e dinâmica, levando uma barraca de livros, que se deslocará pela cidade, em locais públicos, havendo sempre a solicitação de aval dos órgãos competentes do município, para que a barraca-livreira seja montada, desmontada e realocada para praças púbicas e/ou onde haver trafego do público alvo e havendo sempre a possibilidade da rotatividade dos espaços públicos".


Vamos agora conhecer os livros de João Pedro Leal publicados pela Editora Fross?


Primeiro vamos falar da série Ascensão de Azira. Muito além das dimensões que conhecemos, este mundo está repleto de seres e criaturas mágicas. Plantas, oceanos e céus foram criados para dar vida a esta estória. Assim como línguas, dialetos e expressões aparecem frequentemente na obra, como também nomenclaturas, feitiços e encantamentos.



O livro I da saga é O último dos Róis. Nas palavras do autor: "Nossa imaginação é dotada de magia e fantasia, sem dúvidas, é algo a ser escrito. São em nossos sonhos onde tudo ganha vida: a imaginação dá cor, tamanho e humor e é em nossos corações onde nascem as inúmeras possibilidades, é lá que palpitar nossos sonhos mais peculiares".



O Livro dos Mestres é o volume 2. Um trecho da sinopse diz: "Antes da queda de Tenebris, o Mestre das Trevas destruiu o Livro dos Mestres, selando todos os poderes das nações mágicas de Azira. Santiago é atormentado por sonhos e visões, que o guiará a uma jornada de perigos e morte. Em busca de selecionar o mistério e encontrar a única salvação da magia do Império, Santiago deixa o trono para embarcar numa missão, que poderá significar o fim do mundo."


João Pedro é um autor bastante eclético em relação aos seus estilos e gêneros de escrita. Além dos dois livros da série Ascensão de Azira, neste estilo ficção, fantasia e suspense, há outros livros que escreveu, como Macabros - contos de horror e Naufragados - a ilha dos dinossauros.

Macabros é um livro de terror, mas, ao mesmo tempo, uma história leve, que instiga o sentimento de tensão e medo. A trama gira em torno de um circo misterioso e uma fazenda macabra, numa cidade assombrada por uma bruxa. Coisas estranhas e muitas histórias singulares acontecem e todas com o mesmo fim: a morte.

Já naufragados, nas palavras do autor: "Um livro dedicado aos apaixonados pelas histórias de desbravadores, aventureiros e exploradores. A pré-história tão perto da nossa história, juntos dividindo o mesmo espaço, uma pequena aventura que me causou muitos prazeres". Essa obra de João Pedro Leal é para apaixonados por aventuras em meio as fantasias jurássicas.





Mas esse autor não é só ficção... também é poesias, contos, cordéis e muitos versos inspiradores. Isso traduziu nos seguintes livros: Paixão do eu lírico - poesias, poemas, dores e amores; Depoimentos crônicos - Crônicas e outras histórias; Ser Poeta é ser Condor - Poesias, Poemas e cordéis e É quem ama que fala todas as línguas. São livros onde podemos até ver um pouco da alma desse jovem escritor maranhense; e também conhecer um pouco da cultura de seu povo e seu cotidiano.






Mas João não é apenas arte literária e ficção. Mas também fé. Essa é a temática do livro Dominus Tecum - O forte impenetrável de Deus. Na sinopse desta obra o autor expressa: "Esta obra é um presságio que servirá de guia orientador para os cristãos. Intitulado “Dominus Tecum”, que significa “Deus é contigo”. Um pedido de reflexão às nossas ações e omissões nesta vida carnal. É um alerta, um aviso que é dado há milênios, para que caminhemos na estrada da vida que é Jesus, para imitá-lo, propagar o amor e estar em estado de graça continua. Rezar, meditar e praticar o evangelho, são os primeiros passos para purificar-se para a sua grande chegada".



Gostou de ler sobre João Pedro Leal? Se você já leu alguma obra desse autor, deixe seu comentário abaixo, assim como você pode nos falar de qual obra você mais tem curiosidade em ler.

Para adquirir os livros deste autor, você pode comprar aqui mesmo no site da Fross...

Acessando aqui >>

*entrega econômica


Ou através de nossa parceira

* entrega expressa


Se preferir, pesquise nos principais sites de venda online.


Breve teremos mais livros de João Pedro por aí, aguarde.


Por redação Fross.

54 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo